100.25.42.211
(+258) 21 303 388Ligue Já!
Login
Conheça as soluções integradoras dos nossos ParceirosMarketplace
abegoaria
{alt:Rosa Peixoto}

PRIMAVERA suporta arquitetura de sistemas do grupo Abegoaria

Com as exportações a duplicarem em 2021 e o comércio interno a crescer de forma exponencial, o Grupo Abegoaria, que produz dezenas de marcas conceituadas de vinho das várias regiões demarcadas, reforça investimento em tecnologia e passa a ter informação de apoio à gestão à distância de um clique.

Este grupo empresarial constituído por 15 empresas que produzem marcas de vinho de referência como Portal de São Braz, Piteira, Maria Ana, Granja Amareleja, Abelharuco ou Fonte da Perdiz, além de um vasto portefólio de vinhos, azeites, enchidos e queijos, suporta a gestão do negócio no ERP PRIMAVERA desde 2014, encontrando-se desde então a evoluir continuamente os processos de gestão através da sua digitalização.

Neste momento está em curso o desenvolvimento de uma aplicação de PNL (Profit and loss) que vai beber os dados ao ERP PRIMAVERA e apresenta uma radiografia completa dos parâmetros que se pretende analisar ao minuto, num equipamento móvel com acesso à internet.

"Conseguimos desenvolver um agregador da informação, que nos permite ter uma imagem integrada de todo o grupo. Ou seja, neste momento, num tablet, a administração consegue ver as vendas das empresas e o status quo de cada uma das empresas ao minuto, em termos de vendas e suas contas correntes com clientes e fornecedores, tudo numa única aplicação” - destaca o diretor de sistemas de informação Marco Sequeira.

Informação integrada, desde a produção à venda

Num grupo que apresenta um modelo de produção verticalizada, contemplando todas as etapas do processo produtivo, desde a produção propriamente dita, passando pela transformação, até à venda aos retalhistas, a robustez e a capacidade de integração são fatores críticos e foi precisamente por essa razão que escolheram a tecnologia PRIMAVERA.

Neste momento, todas as operações de compra de matéria-prima, transformação, embalamento e distribuição são controladas a partir do ERP PRIMAVERA, com o apoio de alguns sistemas auxiliares, estando prevista para breve a integração de uma nova empresa do grupo - a Vidigal Wines - que fatura cerca de 15 milhões de euros.

Porém, esta nova integração não traz qualquer insegurança ao diretor de sistemas de informação do grupo, Marco Sequeira. "Desde 2014 que gerimos todo o negócio assente em PRIMAVERA, é neste ERP que está o motor que gera toda a informação de suporte à gestão, desde uma visão mais global e consolidada de grupo até uma visão micro de determinado componente de um produto, integrando informação proveniente de vários sistemas, desde sistema da produção, até sistema de GS1, passando por um sistema de picking e estamos seguros de que a integração da nova empresa irá correr bem”, explica o responsável.

Rastreabilidade, um fator decisivo para a qualidade

Num grupo que trabalha para a certificação e que recentemente integrou uma nova empresa que detém a rara certificação internacional IFS FOOD, atribuída pelo Bureau Veritas, a rastreabilidade é absolutamente decisiva. No ERP PRIMAVERA encontraram esse rigor na rastreabilidade, que permite ir a um nível de detalhe essencial para garantir o controlo de qualidade desejado.

A este propósito, o CEO, Manuel Bio refere "Temos um negócio muito verticalizado, não podemos facilitar. Quando há um problema com um azeite, por exemplo, nós temos de saber a origem do problema e hoje conseguimos ir exatamente à parcela/lote onde está a origem do problema. O mesmo com o vinho, que tem uma rastreabilidade mais complexa devido à utilização de produtos de apoio como conservantes, filtragens, que têm de estar rastreados. O sistema permite-nos ir para trás e encontrar essa informação com todo o rigor”.

A par do controlo de qualidade, a rastreabilidade do ponto de vista dos custos também é fundamental para um rigoroso controlo de gestão. "Precisamos de informação exata para conseguirmos definir a estratégia correta em linha com aquilo que são os objetivos do grupo”, acrescenta o CEO.

Fiabilidade da informação e atualização contínua

O volume de dados gerado nas 15 empresas é muito elevado, por isso, o sistema central de gestão precisa de ser robusto e de garantir alta performance. E foi isso que o diretor de sistemas encontrou nas soluções PRIMAVERA, não só no ERP, como na solução de reporting PRIMAVERA Office Extensions, que permite obter relatórios de gestão à medida, atualizados ao minuto.

Marco Sequeira salienta ainda a evolução contínua do sistema e o elevado valor das atualizações fiscais. "Agora na pandemia, o apoio foi fantástico, houve tantas alterações ao nível do processamento salarial e com a PRIMAVERA temos total tranquilidade. É uma das grandes vantagens de termos um software de génese nacional, no momento certo é atualizado e isso dá-me uma tranquilidade imensa”, conclui Marco Sequeira.

A trajetória digital já começou há vários anos no Grupo Abegoaria e não se prevê que pare tão cedo. Neste momento está em curso a implementação de uma solução de gestão documental, que irá eliminar por completo a circulação de papel na instituição, e também para 2022 está pensada a migração para a mais recente versão das soluções PRIMAVERA.

Conheça em pormenor este caso de sucesso de transição digital com as soluções de gestão PRIMAVERA.

Receba a newsletter com as nossas melhores histórias!