3.236.51.151
(+258) 21 303 388Ligue Já!
Login
Conheça as soluções integradoras dos nossos ParceirosMarketplace
blockchain

Blockchain, o que é e como aplicá-lo no mundo Industrial

O potencial do blockchain tem sido muito aplicado no setor das moedas digitais (criptomoedas) e nos meios de pagamento, surgindo como uma tendência relativamente recente ao nível empresarial, onde o blockchain se apresenta como a infraestrutura de segurança e imutabilidade para um conjunto de aplicações emergentes onde se inclui a Indústria 4.0 ou a Industrial Internet of Things (IIoT). Mas comecemos pelo início.

Blockchain, o que é?

Em termos simplistas, um sistema de blockchain consiste num livro-razão digital distribuído e compartilhado por todos os participantes do sistema: as transações ou eventos são validados e registados no livro-razão e não podem ser posteriormente alterados ou removidos.

Nesta comunidade, os recursos mantêm a sua cópia do livro-razão e devem validar todas as novas transações coletivamente por meio de um processo de consenso antes de serem aceites no livro-razão. Esses recursos simples representam a primeira resposta prática para problemas profundos de ciência da computação com base na confiança dos nós numa rede descentralizada. Um dos problemas mais populares e antigos que podem ser resolvidos pelo blockchain é o "problema dos generais bizantinos".

Citando o artigo original que define o P.G.B.:

"[Imagine] um grupo de generais do exército bizantino acampado com suas tropas ao redor de uma cidade inimiga. Comunicando-se apenas por mensageiro, os generais devem concordar com um plano de batalha comum. No entanto, um ou mais deles podem ser traidores que tentarão confundir os outros. O problema é encontrar um algoritmo para garantir que os generais leais cheguem a um acordo.”

O blockchain pode resolver o P.G.B. porque fornece, pela primeira vez, a infraestrutura para um usuário transferir diretamente um pedaço de propriedade (ex: dinheiro), para outro usuário de uma forma segura e protegida em que todos na rede sabem da transferência e ninguém pode duvidar da sua legitimidade.

O blockchain e a IoT no setor industrial (IIoT)

O Blockchain funciona claramente como um sistema descentralizado devido ao número de nós ou pessoas que trabalham juntas para verificar se o que está sendo armazenado no livro-razão é verdadeiro. Apesar de esta arquitetura ser diferente daquela que tipicamente os sistemas IoT apresentam, devido à dependência de arquitetura cliente-servidor ou hub-and-spoke (que é uma autoridade centralizada), os recursos descentralizados, autónomos e sem confiança do blockchain conferem-lhe as caraterísticas ideais para se tornar um elemento fundamental de soluções industriais de IoT, designados de Industrial Internet of Things (IIoT). Não é, por isso, surpresa que as tecnologias IoT corporativas se tenham tornado rapidamente uma das primeiras a adotar as tecnologias blockchain.

Aplicabilidade do Blockchain em sistemas IIoT

Numa rede IoT, o blockchain pode manter um registo imutável do histórico de dispositivos inteligentes. Esse recurso permite o funcionamento autónomo de dispositivos inteligentes sem a necessidade de autoridade centralizada. Como resultado, o blockchain abre a porta para uma série de cenários de IoT que eram extremamente difíceis, ou mesmo impossíveis de implementar sem ele. Apresentando novos padrões de transparência de dados e comunicação ponto a ponto, o blockchain pode adicionar um novo grau de segurança aos sistemas IoT e fornecer às organizações melhores práticas de gestão.

1 – Indústria da saúde

No setor de saúde, os dados críticos do paciente podem ser compartilhados eficazmente usando blockchain, o que pode potencialmente melhorar a prestação de serviços de saúde, por exemplo, reduzindo erros no atendimento ao paciente. A interoperabilidade entre sistemas também pode ser aprimorada usando blockchain, por exemplo, fornecendo acesso aos registos de saúde do paciente de forma autêntica e segura. A implementação de sistemas IIoT com blockchain permite o rastreio de medicamentos clínicos durante a sua investigação, verificando sua eficácia, bem como os respetivos efeitos colaterais, sem o risco de resultados modificados.

2 – Logística

Como vimos, através do blockchain, as trocas e transações são registadas permanentemente num livro-razão descentralizado. Essas transações são monitorizadas de forma transparente e segura, garantindo a redução de erros humanos eatrasos. Ajudam ainda a verificar a autenticidade dos itens, rastreando a respetiva origem. Nas cadeias de abastecimento, o blockchain pode verificar a procedência ou rastreabilidade do produto e rastrear ativos à medida que cria relacionamentos confiáveis ​​entre fornecedores e compradores, gerando registos criptografados e imutáveis. As áreas com maior aplicabilidade são particularmente a rastreabilidade no setor alimentar, potenciando a resolução de problemas de ineficiência e gestão do produto.

3 – Comércio eletrónico e indústria do retalho

O comércio eletrónico e o retalho também podem colher os benefícios dos avanços na tecnologia de blockchain em breve. Nesta indústria, os investigadores já começaram a explorara aplicabilidade da tecnologia blockchain.

Estes são apenas alguns exemplos de soluções de IoT que já começam a tirar partido dos recursos do blockchain, embora ainda estejamos nos estágios iniciais da evolução das tecnologias de blockchain. Apesar do caminho já percorrido, perspetivam-se tempos emocionantes, de facto!

Partilhar
0 Comentários.
Mostrar comentários
Receba a newsletter com as nossas melhores histórias!